Esculturas de Dados

Use materiais físicos de artesanato para contar uma história de dados em 3D

Preparação

Esta atividade levará cerca de 20 a 30 minutos. Você deve ter os seguintes materiais à mão

  • Materiais para fazer artesanato (garrafas de plástico, fios, bolas, papel colorido, blocos de madeira, papel)
  • Fita, cola, tesoura
  • NÃO inclua canetas, lápis de cor ou qualquer outra coisa para escrever (senão as pessoas simplesmente desenham, ao invés de construir)
  • NÃO inclua peças de LEGO (caso contrário, as pessoas apenas criam gráficos de barras)
1

Contexto

A idéia de brincar com os dados é nova para a maioria das pessoas. Esta atividade permite que as pessoas construam rapidamente esculturas que contam uma história de dados simples com materiais de artesanato. A abordagem divertida com os dados ajuda os participantes a pensar sobre como as histórias podem ser encontradas e apresentadas rapidamente, e as ajuda a sentir mais liberdade e flexibilidade sobre as apresentações. Isso promove uma noção de 'apresentação' em vez de 'visualização'. A atividade também promove a capacidade de traduzir palavras e números em formas estruturais. Além disso, usar esses materiais logo no início de um worshop pode provocar dinâmicas poderosas que possam existir dentro do grupo

Esta atividade baseia-se no estilo de pedagogia e workshop do Grupo Lifelong Kindergarten do MIT Media Lab (onde Rahul obteve seu mestrado). Também possui influências do trabalho participativo de planejamento urbano de James Rojas.

2

Início da Atividade

Apresente o grupo a dois gráficos de dados 'normais'. Um pode ser um fato único, e o outro um conjunto de informações de tamanho médio. Se você fizer o seu próprio gráfico, certifique-se de evitar o uso de dados que o público conheça bem - entendemos que isso leva as pessoas a se perderem nas nuances e detalhes pessoais. Sugerimos usar dados mais genéricos. Aqui estão alguns folhetos que você poderá baixar, imprimir e usar:

Peça ao grupo para trabalharem em duplas, de preferência com alguém que não conheçam. Mostre aos participantes uma grande mesa central cheia dos materiais que você reuniu. Dê-lhes 6 minutos para construir rapidamente uma representação física dos dados que você apresentou anteriormente. Não lhes dê muito tempo, caso contrário, eles ficarão presos em detalhes ao invés de apenas deixarem a criatividade fluir. Lembre-os de serem criativos, e de que gráficos de barras de limpeza de canos NÃO são permitidos!

Depois de 3 minutos, diga-lhes que deveriam estar construindo já; esta é uma 'atividade de pensar com as mãos'. Quando faltar um minuto para a conclusão, avise-os

3

Faça com que Todos Compartilhem

Peça que todos parem quando chegar a hora. Dê a cada grupo 1 minuto para compartilhar o que eles fizeram. Você pode resumir, apontando semelhanças e diferenças nas peças feitas pelas pessoas. Muitas vezes você verá algumas pessoas concentrando-se em um ponto de dados, enquanto outros olham para uma imagem mais ampla. Com os dados de felicidade, algumas pessoas tentam se fundir em dois conjuntos de dados, enquanto outros apenas se concentram em um. Destaque quaisquer versões físicas das tabelas tradicionais para apontar quão arraigadas as nossas atuais técnicas de apresentação visual são! Tente identificar padrões de como os números foram mapeados em objetos físicos.

4

Conte-nos como foi

Pessoas ao redor do mundo estão usando e adaptando essas atividades em suas empresas. Escreva no espaço abaixo um pouco sobre como as atividades foram para você.